Angola pretende reforçar cooperação com a Unesco

0

Angola vai aproveitar a participação na 40ª Sessão da Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), a decorrer de 12 a 27 de Novembro, em Paris (França), para reforçar a cooperação com aquela agência internacional e com a França na área de Educação.

A ministra da Educação, Ana Paula Elias, na qualidade de presidente da Comissão Nacional da UNESCO em Angola, disse, ontem, que a agenda da delegação angolana prevê um encontro com os ministros da Educação dos países membros, além de outros que incluem os sectores do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação e da Cultura. 

“Temos que aproveitar, ao máximo, a nossa presença nestas actividades, para reforçar os laços de cooperação com o país acolhedor”, frisou a ministra da Educação.
Ana Paula Elias, que presidiu à primeira reunião do órgão, desde que assumiu o cargo governamental, disse estarem igualmente previstas algumas visitas a instituições de ensino técnico profissional e de formação de formadores.
A delegação angolana, a ser chefiada pela ministra da Educação, vai integrar representantes dos departamentos dos ministérios da Cultura, Ensino Superior, Ambiente e Juventude e Desportos, que vai participar num fórum da juventude. Angola é membro da UNESCO desde 1977.
A Conferência Geral da UNESCO é preparada e supervisionada pelo Conselho Executivo, um órgão liderado por Audrey Azoulay, eleita pelo Conselho Executivo no dia 13 de Dezembro de 2017. Ao todo, 195 Estados Membros da Organização vão participar na sessão.

Fonte: JA/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: