Angola equaciona produção de vacinas

0

Angola vai equacionar a possibilidade de produzir vacinas contra a Covid-19, declarou esta quarta-feira, em Paris, França, a ministra das Finanças, Vera Daves.

“Não descartamos essa possibilidade”, esclareceu Vera Daves, em entrevista à Euronews, tendo considerado ser necessário fazer-se uma auto-avaliação da capacidade logística do país acolher e das equipas receberem essa passagem de conhecimento.

A governante disse ter sido “lançado o mote para que se reflicta em torno de se abrir mão das licenças intelectuais (das vacinas), para que seja possível deslocalizar tecnologia e conhecimento para algumas regiões de África”, para, com produção local, se conseguir atender melhor a procura.

Vera Daves integrou a delegação do Presidente João Lourenço, que participou, em Paris, na Cimeira sobre economia de África, onde Angola também defendeu uma mudança na estratégia de produção dos fármacos para combater a Covid-19.

Na Cimeira de Paris, que reuniu dezenas de líderes africanos, europeus e de organizações políticas e financeiras internacionais, ficou definido um primeiro apoio financeiro aos países africanos, avaliado em 33 mil milhões de dólares.

Em África, a Covid-19 já provocou 126 mil 447 óbitos e foram registados quatro milhões, 692 mil 520 casos, desde o início da pandemia.

Até terça-feira (18), Angola tinha o registo de 31 mil e 49 casos positivos, 685 óbitos, 26 mil e 13 recuperados e quatro mil 351 activos.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: