Angola e RDC intensificam fiscalização na fronteira

0

Os governos das províncias da Lunda Norte (Angola) e Kwango (República Democrática do Congo/RDC), acordaram quarta-feira, no Dundo, intensificar acções conjuntas de patrulhamento da fronteira comum, para mitigar a migração ilegal, contrabando de combustível e fuga ao fisco.

O acordo resulta de um encontro de trabalho de dois dias na cidade do Dundo, entre o delegado provincial do Ministério do Interior, comissário Alfredo Lourenço (Nilo), do lado de Angola, e do Ministro Provincial do Interior, Segurança e Direitos Humanos, Munda Ngaand Tite, da República Democrática do Congo.

Segundo o comunicado final do encontro, as duas partes decidiram igualmente, efectuar o registo de cidadãos residentes ao longo da fronteira comum para sua identificação e localização, de modo a melhor a fiscalização e controlo dos cidadãos que entram e saem nas duas províncias.

Foi ainda acordado, a manutenção e construção de marcos fronteiriços, bem como a promoção de acções de sensibilização das populações residentes ao longo das fronteiras para que cumpram as normas internacionais sobre a migração.

As partes acordaram promover um encontro de alto nível, ainda este mês,  no posto  fronteiriço  de Shamajamo (RDC), entre os governadores das duas províncias vizinhas, acto que irá simbolizar a abertura oficial dos mercados do Marco 28, que será uma mais-valia para as trocas comerciais.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: