Angola chega a Nuremberga com uma delegação reduzida

0

O recurso à compra de divisas no mercado paralelo foi a opção utilizada pela delegação de Angola à Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (Iena) para poder estar presente no evento, a decorrer a partir de quinta-feira, até domingo, na cidade alemã de Nuremberga.

Angola chega à cidade de Nuremberga com uma delegação reduzida, por terem desistido da viagem, por falta de divisas, os que iriam representar o Complexo Escolar Elíada e o Instituto Superior Politécnico da Huíla. Em razão da desistência confirmada, Angola reduziu de 20 para 17 o número de projectos que leva para a 71ª edição da Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos, num evento que participa desde 2009, tendo já conquistado 70 medalhas, sendo 13 de ouro, 37 de prata e 30 de bronze.

A delegação angolana é integrada por representantes das universidades Agostinho Neto e Metodista de Angola, da Seaka Casa de Caminho André Luís e da Escola João Henrique Pestalozzi. A Universidade Agostinho Neto, por via da Faculdade de Ciências, leva 11 dos 17 projectos para a também conhecida Feira Internacional de Nuremberga de Criadores e Inventores.

A maioria dos 11 membros da delegação angolana chegou hoje à cidade de Nuremberga, localizada no estado alemão da Baviera, devendo a comitiva ficar completa amanhã, quando chegarem os dois representantes da Universidade Metodista de Angola. A Feira de Nuremberga é considerada a principal feira internacional de ideias, invenções e novos produtos e pelo local já passaram, nos últimos 70 anos, cerca de 30 mil invenções.

Na edição deste ano, a feira vai receber cerca de 800 expositores de 30 países e perto de 13 mil visitantes de 41 países. A Feira Internacional de Nuremberga, uma das mais antigas do Mundo, impressiona pelo alto nível de invenções e é utilizada por inventores e criadores de muitos países como plataforma de marketing para a apresentação de ideias, protótipos, produtos e serviços.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: