Ajuste salarial na função pública sem influência nos preços da cesta básica

0

Ao contrário do pessimismo criado em torno da influência negativa do ajuste salarial ocorrido na função pública, em Janeiro, na província do Huambo os preços dos principais produtos continuam inalteráveis.

Numa ronda efectuada esta manhã pela ANGOP, constatou-se que os consumidores continuam a adquirir o arroz, a farinha de trigo, o açúcar, o leite, o oleio vegetal e massa alimentar, no mesmo valor com que estes produtos chegavam às suas mesas em finais do ano transacto.

Por exemplo, o saco de arroz de 25 quilogramas continua a ser vendido entre 4.500  a 5000 Kwanzas, o saco de 50 quilogramas de farinha de trigo entre 8500 a 8650 Kwanzas, enquanto o saco de 50 de quilogramas de açúcar continua a ser vendido

10.900 Kwanzas.

A caixa de óleo vegetal varia entre 4500 a 5000 Kwanzas, a de massa alimentar entre 2000 a 3500 Kwanzas, a caixa de salsicha 3300 Kwanzas, a de sardinha 4400 Kwanzas, já a de atum custa 10 mil Kwanzas.

Também sem alteração está a caixa de sabão, a custar entre 6.500 a 8400 Kwanzas, a de detergente OMO varia entre 2800 a 3500, a caixa de franco a 6500  Kwanzas e a de peixe ronda entre os sete mil a 15.400 Kwanzas, em função do tipo.

Por cada 10 quilogramas de carne de porco os clientes estão a pagar entre 4.950 a 11.800, ao passo que no que concerne à carne de vaca ou búfalo os consumidores pagam por cada 25 quilogramas entre 25.900 a 35.100 Kwanzas.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: