Adiada inauguração do Centro Integrado de segurança

0

A inauguração do Centro Integrado de Segurança Publica (CISP), prevista para o final deste ano, fica adiada para o primeiro trimestre de 2020, por razões financeiras, informou, ontem, em Benguela, o ministro do Interior, Eugénio Laborinho.

Segundo o governante, que visitou as instalações do referido centro para constatar as condições técnicas e humanas, ainda existem alguns aspectos técnicos por afinar, condicionados por indisponibilidade financeira, daí o adiamento.
Citado pela Angop, Eugénio Laborinho considerou que o CISP trará grandes valências no domínio da segurança pública, porque vai permitir ultrapassar limitações a nível do combate à criminalidade e outros males que afligem a sociedade.
Eugénio Laborinho informou, por outro lado, que o maior foco do Ministério do Interior é continuar a apostar na formação do efectivo, para que haja cada vez mais quadros de qualidade e corresponderem aos desafios.
O ministro garantiu que a situação da criminalidade em Benguela é considerada calma e está controlada pelos órgãos de segurança.
Na semana passada, o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior garantiu que o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) do Ministério do Interior é inaugurado em breve, para prevenir a criminalidade.
Em declarações ao Jornal de Angola, Waldemar José salientou que o Centro vai congregar vários serviços de defesa e segurança, monitorizar as cidades e dar respostas emergentes em questões de saúde, Bombeiros, INEMA (Instituto de Emergências Médicas) e outros.

TPA com JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: