A causa da obesidade infantil nem sempre é má alimentação, diz estudo

0

As estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que até 2025 cerca de 70 milhões de crianças apresentarão problemas de saúde relacionados com o excesso de peso.

Mas, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Ciências da Saúde de Maryland e pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, uma alimentação pouco equilibrada não é a única razão para que estas crianças se tornem adultos obesos. 
Segundo a investigação, comentários depreciativos acerca do peso feitos a crianças pode levá-las a ganhar ainda mais peso na idade adulta. 
Para chegar a este resultado, os investigadores analisaram cerca de 110 crianças e adolescentes com excesso de peso ou cujos pais têm alguns quilos a mais, uma vez que esse é um dos fatores que aumenta a probabilidade de crianças desenvolverem obesidade no futuro.
Os dados revelaram que 62% das crianças com quilos a mais disseram sofrer de provocações e assédio, enquanto que apenas 21% das crianças com peso normal enfrentaram bullying. Aqueles que foram alvo de provocações ganharam 33% mais massa corporal. Isto acontece porque a ansiedade e o stress causados pelo bullying podem aumentar os distúrbios relacionados com a comida, como a compulsão alimentar.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: