31 lojas foram suspensas por cobrança ilegal do IVA

0

Ao todo, 31 estabelecimentos comerciais, em Luanda, que vendiam a preços especulativos por cobrança irregular do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), foram
suspensos ao longo da “Operação Baixa de Preços”, iniciada a 3 de Outubro. A informação foi prestada, ontem, ao Jornal de Angola, pelo inspector-geral do Comércio,
Fernando Catumbila, que adiantou terem 10 desses estabelecimentos, de média e
grande dimensão, sido reabertos e igual número obrigados a baixar os preços. Ao
todo, as equipas, constituídas por funcionários da Inspecção-Geral do Comércio e
da Administração Geral Tributária (AGT), visitaram 68 estabelecimentos, suspendendo, como medida de choque, a actividade naqueles em que se depararam com a venda
de mercadorias duplamente taxadas, com o IVA sobreposto aos já revogados Imposto
de Consumo e de Selo.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: