29 ex-militares respondem em tribunal por arruaça

0

Pelo menos 29 ex-militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) foram detidos, hoje, em Luanda, pela Polícia Nacional, na sequência de uma arruaça, protagonizada por um grupo de desmobilizados, ocorrido na rua dos Quartéis, bairro da Calemba, Distrito Urbano da Maianga.

A manifestação, teve como base uma reclamação de não pagamento de subsídios aos ex-militares, bem como a sua integração na corporação.  Em declarações ao Jornal de Angola, o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional disse que tratar-se de uma tentativa de manifestação fora dos marcos da Lei, ou seja, sem conhecimento das autoridades e em desrespeito ao horário para a sua realização.

Nestor Goubel fez saber que a intervenção policial, repôs a ordem que estava a ser alterada, em pleno horário laboral, “com tentativa de manifestação sem cumprir com os parâmetros legais”.

Segundo o porta-voz, o processo de entrada de ex-militares na Polícia Nacional já está orientado, mas obedece a critérios de selecção e posterior formação, porém, tal processo será retomado quando estiverem criadas as condições de segurança sanitária para a reabertura dos centros de formação.

“Assim, não podemos permitir a alteração da Ordem Pública”, disse Nestor Goubel.  Os detidos serão apresentados ao Ministério Público e vão a Tribunal.

Fonte: JA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: