Whitney Houston mantinha uma relação lésbica com a sua assistente

0

Whitney Houston terá mantido uma relação íntima com a sua assistente, adiantam amigos próximos da artista. Estas são informações acutilantes que surgem no documentário ‘Whitney: Can I Be Me’, no qual é referido que a artista estava apaixonada por Robyn Crawford, uma profissional com quem trabalhou ao longo de 20 anos.

Aliás, esta história vai mais longe com as mesmas fontes a garantirem que hoje a cantora poderia estar viva se na altura tivesse revelado a sua verdadeira orientação sexual.

O documentário em questão irá mostrar imagens nunca antes vistas de Whitney em digressão e ainda contextualizar a atribulada vida pessoal da filha da estrela, Bobbi Kristina Brown.

A maior das revelações acontece quando um guarda-costas, Kevin Ammons e um consultor de moda, Ellin Lavar, dão conta da relação da artista anteriormente referida. É ainda dito que o ex-marido de Whitney, Bobby Brown, chegou a ter sérios desentendimentos com a assistente, enquanto ambos disputavam o amor da artista.

“Não acho que ela fosse lésbica, penso que era bissexual”, declara Ellin.

Robyn deixou de trabalhar para Whitney Hoston em 2000, após pressões da mãe da cantora, Cissy Houston. A artista foi encontrada morta em fevereiro de 2012, num quarto de hotel em Beverly Hills, Califórnia.

Fonte: Fama ao minuto/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: