Vacinação contra sarampo decorre nas fronteiras do Cunene

0

Uma campanha de vacinação contra o sarampo decorre desde hoje, quarta-feira, nos postos fronteiriços de Santa Clara e Ruacana, paragens de táxis e de controlos da província do Cunene, com objectivo de bloquear a entrada do vírus da doença na região.

A informação foi prestada à Angop, pelo chefe do departamento provincial de Saúde Pública e Grandes Endemias no Cunene, Félix Belarmino, referindo que a campanha abrange todas as crianças dos 06 os 15 anos que estão em viagens sem imunização contra a doença.

Para tal, estão disponíveis 144 mil doses de vacinas, a serem aplicadas por 24 técnicos divididos em 10 equipas (fixas e móveis) que vão actuar nos municípios de Ombadja, Cuanhama, Santa Clara, Curoca e Cuvelai.

A campanha é uma orientação do Ministério da Saúde passada as direcções locais no sentido de intensificarem a vacinação para bloquear o surgimento de casos suspeitas nos pontos de saída e de entrada de pessoas na região.

Explicou que o sarampo é uma doença infecto-contagiosa provocada por “móbil”, vírus e transmitido por secreções das vias respiratórias, que pode surgir a qualquer momento como a aconteceu recentemente o surto da doença nas províncias da Lunda Sul, Lunda Norte e Moxico, entretanto, já controlado.

Desde 2018 que a província não regista casos de sarampo.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: