Vacina contra VIH revela resultados promissores em estudo na fase 1

0

O imunizante inédito, desenvolvido nos Estados Unidos, é considerado pelos investigadores como um dos primeiros a transpor um dos grandes desafios na criação de substâncias capazes de combater o vírus da SIDA, nomeadamente estimular a produção pelo organismo dos anticorpos amplamente neutralizantes ou BNAbs.

A  vacina contra o VIH, que resulta de uma parceria entre a Iniciativa Internacional pela Vacina da SIDA (Iavi) e o Scripps Research Instititute, nos Estados Unidos, apresentou resultados promissores num estudo de fase 1, reporta um artigo publicado na revista Galileu.

O imunizante inédito é considerado pelos investigadores como um dos primeiros a transpor um dos grandes desafios na criação de substânciascapazes de combater o vírus, nomeadamente estimular a produção pelo organismo dos anticorpos amplamente neutralizantes ou BNAbs.

Extremamente raras, essas proteínas têm a habilidade de neutralizar múltiplas estirpes de um vírus. Sendo esse o mecanismo visto como a principal via de combater o VIH, tendo em conta que o agente infecioso sofre mutações a uma velocidade extraordinária.

Na primeira etapa da pesquisa, revela a Galileu, dos 48 adultos saudáveis aos quais foi administrada a vacina, 97% dos indivíduos registaram a presença de anticorpos nas respetivas amostras sanguíneas.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: