Trump e Kardashian juntos para libertar mulher presa há mais de 20 anos

0

Kim Kardashian e Donald Trump reuniram-se na quarta-feira na Casa Branca, em Washington. O encontro teve como objetivo discutir a reforma do sistema prisional nos Estados Unidos e foi partilhado pelo próprio presidente nas redes sociais.

“Grande encontro hoje [quarta-feira] com Kim Kardashian. Falámos sobre reforma prisional e sentenças”, escreveu Trump na legenda da fotografia na qual surge ao lado da empresária, na Sala Oval.

O motivo que levou Kim Kardashian a agendar uma reunião com o presidente norte-americano, segundo noticiou a revista “Harper’s Bazaar”, foi o de obter o perdão presidencial para Alice Marie Johnson, presa há mais de 20 anos depois de, em 1996, ter sido detida e posteriormente condenada a prisão perpétua por um crime não violento relacionado com tráfico de cocaína.

A advogada da mulher condenada, de 63 anos, já afirmou em entrevista ao “Daily Mail” que “a mensagem para o presidente [Donald Trump] é que os 21 anos que já passaram desde que Alice Johnson está presa representam um castigo maior do que aquele que ela deve à sociedade e que mantê-la presa para o resto da vida é moral e economicamente injustificável”.

Recorde-se que a liberalização das sanções penais para este tipo de crime foram uma das prioridades do anterior presidente, Barack Obama, mas não reuniram o apoio do Congresso. Com a atual administração de Trump, todo esse processo foi revertido, já que este é defensor de medidas mais duras para este tipo de crimes.

A dúvida que agora se coloca é se o encontro de Donald Trump com Kardashian terá, ou não, os efeitos desejados pela socialite.

 

Fonte: JN/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: