Trump critica embaixador britânico que o classificou como inapto

0

O Presidente norte-americano criticou hoje o embaixador britânico nos Estados Unidos, que descreveu Donald Trump como inapto e fragilizado em mensagens diplomáticas tornadas públicas no domingo por um jornal inglês.

“O embaixador não serviu bem o Reino Unido, digo-vos”, afirmou Donald Trump aos jornalistas, citado pela estação britânica BBC.

Nas mensagens tornadas públicas, o embaixador Kim Darroch considera o Presidente Donald Trump como inapto, descrevendo-o como muito fragilizado por lutas internas e sem condições de melhorar o desempenho.
As mensagens publicadas sem autorização contêm duras críticas do embaixador Kim Darroch sobre o estado atual da Administração Trump, referindo que a Casa Branca é “excecionalmente disfuncional” e “dividida”.

“Não acreditamos realmente que esta Administração se torne substancialmente mais normal; menos disfuncional; menos imprevisível; menos dividida; menos diplomaticamente inapta”, escreveu Kim Darroch, num dos documentos divulgados, cuja totalidade cobre o período de 2017 até ao presente.
O ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido já abriu uma investigação para saber qual foi a fonte que divulgou as mensagens ao jornal Mail on Sunday.

No entanto, no domingo, o ministério não contestou a autenticidade dos documentos, considerando apenas que a sua divulgação constituiu um “comportamento pernicioso”.
É esperado que os diplomatas forneçam avaliações honestas da política dos países onde estão destacados, acrescentou na altura o ministério britânico.

Segundo o responsável pela pasta do Comércio em Inglaterra, Liam Fox, a divulgação das mensagens foi “uma falta de profissionalismo, de ética e de patriotismo” e quem o fez “prejudicou” a relação de defesa e segurança com os EUA, que é, segundo acrescentou, “a relação global mais importante” que o Reino Unido tem.
Nos Estados Unidos, o Presidente falou aos jornalistas sobre o incidente, criticando o embaixador diretamente.
“Não somos grandes fãs daquele homem e ele não serviu bem o Reino Unido”, disse Trump, adiantando que, embora pudesse dizer o que quisesse sobre ele [sobre o embaixador britânico], não se vai incomodar.
As mensagens do embaixador também caracterizam a política de Trump relativa ao Irão como “incoerente e caótica”, referindo-se à retirada, em 2018, dos Estados Unidos do acordo sobre energia nuclear assinado com o Irão, Rússia, China e vários países da Europa.

Temos dúvidas sobre se a Casa Branca “parecerá alguma vez competente”, afirmou Kim Darroch, adiantando que a única forma de comunicar com o Presidente norte-americano é ser muito simples e direto.
O embaixador referiu-se ainda à visita de Trump ao Reino Unido, em junho passado, dizendo que o Presidente norte-americano ficou “deslumbrado” com a pompa britânica das reuniões com a rainha Isabel II, mas avisou que Donald Trump não mudará, por isso, nenhuma das suas prioridades.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: