Trump aprovou ataque ao Irão. No último minuto, cancelou ordem

0

Segundo o New York Times, Donald Trump terá dado ordens para que os militares norte-americanos lançassem um ataque contra o Irão, após este último ter abatido um drone norte-americano que sobrevoava o sul do país.
Contudo, no último minuto, o presidente dos Estados Unidos voltou atrás com a sua decisão.
Aviões e navios militares já estariam posicionados para dar início ao ataque, mas nenhum míssil chegou a ser lançado, dado que Donald Trump terá desistido da ideia, segundo referiu fonte oficial do governo à publicação norte-americana.
A escalada de tensão entre os dois países aconteceu esta quinta-feira, depois de o Irão ter confirmado que havia abatido um drone norte-americano, que sobrevoava o seu espaço aéreo.
Segundo um comunicado do Pentágono, o drone de vigilância da Marinha americana foi abatido quando se encontrava em “espaço aéreo internacional”. Por este motivo, Washington considera que a reação do Irão foi “injustificada”.
Já o Irão, através da Press TV, canal de informação em inglês da televisão estatal nacional, foi o primeiro a informar que o drone “foi abatido pela força aérea”, por alegada violação do espaço aéreo, na província costeira de Hormozgan, no sul do país.
O comandante dos Guardas da Revolução, general Qassem Soleimani, enfatizou que o Irão “não tem qualquer intenção” de entrar em conflito com outra nação do mundo, mas garantiu que o país “está pronto para a guerra”.

A provocação não demorou muito a obter uma reação de Donald Trump, que, num curto comentário feito como é habitual na sua página de Twitter, afirmava que o “Irão cometeu um enorme erro!”.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: