TAAG considera enganosa notícia sobre demissão do PCA

0

A TAAG, Linhas Aéreas de Angola, considera “insidiosa” a notícia, veiculada nas redes sociais e em alguns jornais, sobre o pedido de demissão, por motivos de saúde, do seu Presidente do Conselho de Administração, Peter Hill.

Em comunicado, chegado no princípio da noite desta quinta-feira à Angop, a companhia leva a conhecimento público que “esta notícia não é verdadeira”.

O Conselho de Administração reafirma que em nenhum momento o PCA e sua administração apresentaram pedido de demissão.

De acordo com o documento, Peter Hill encontra-se em pleno exercício das suas funções e determinado a implementar o Plano Estratégico de Negócios, definido no acordo assinado entre o Governo de Angola e a Emirates.

“Não será com uma campanha de obstaculização do processo em curso que a administração irá abdicar da missão para a qual foi mandatada”, lê-se no comunicado.

A administração da companhia angolana de bandeira apela a todos os trabalhadores e ao público em geral a não prestarem credibilidade as notícias insidiosas e com propósitos desconhecidos veiculadas, recentemente, nas redes sociais.

O Plano Estratégico de Negócios visa transformar a TAAG numa companhia aérea de referência em África.

 

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: