Sonangol suspende venda de gasolina em alguns postos do sul do país

0

A Sonangol suspendeu na semana finda a venda de gasolina em alguns postos de abastecimento de combustíveis no Cunene e na Huíla, depois de ter identificado gasolina com parametros ligeiramente fora das especificação de consumo, nas bombas da Pumangol, Sonangalp e Sonangol Distribuidora.

Numa nota de imprensa da Sonangol chegada este sábado à Angop, a empresa informa que para se precaver de alguma escassez do produto nas províncias em referência e em consequência da situação apresentada, a Sonangol Logística iniciou a retirada do respectivo produto, substituindo-o por combustível conforme.

Nas referidas províncias, foram realizadas análises, para avaliar a qualidade do produto nos postos de abastecimento e nas instalações de armazenagem de proveniência, de modo a aferir a causa e mitigar os constrangimentos.

Das análises efectuadas, concluiu-se que a gasolina armazenada nos tanques de expedição da Sonangol Logística se encontra dentro das especificações.

Por esta razão, suspeita-se que a alteração da qualidade do produto tenha ocorrido nos camiões durante o trajecto da instalação de expedição para os tanques das instalações de destino, situação ainda em análise.

A Sonangol Logística apela e agradece desde já a compreensão de todos e garante não existir motivos para preocupação em relação ao fornecimento, com qualidade, de derivados de petróleo.

Reitera estar a decorrer a reposição de gasolina em conformidade nos postos de abastecimento identificados.

Entretanto, a situação criou constrangimentos aos automobilistas das províncias da Huíla e Cunene, que se queixaram de avarias nas suas viaturas, em consequência dessa anomalia registada na gasolina.

Em declarações à Angop, alguns automobilistas afirmaram ter notado uma fumaça incomum nas viaturas após terem abastecido o depósito das viaturas e outros viram mesmo os meios a paralisarem horas depois.

Júlio Lemos disse que foi alertado por um outro automobilista de que havia uma fumaça incaracterística para carro a gasolina, logo depois de ter abastecido numa das bombas da Sonangol no bairro do Tchioco.

Orlanda da Ressureição também queixa-se da mesma situação, sublinhando que o posto onde comprou a gasolina suspendeu horas depois as vendas, porque era visível a mistura dos dois tipos de derivados.

A nível da cidade do Lubango, quatro bombas suspenderam a venda da gasolina.

Fonte: Angop/LD

Share.

Sobre o autor

Avatar

Deixar uma resposta