Sim, os cães conseguem perceber quando o dono está a chegar a casa

0

Aparentemente dois factores explicam esse ‘pressentimento’ cananino. Nomeadamente, sentidos como o olfato e a audição bem desenvolvidos e o condicionamento do animal.

O sistema de identificação de cheiro dos cães (olfato) é muito mais refinado do que o do homem, explica Ricardo Tamborini, especialista em comportamento animal.

Enquanto os seres humanos têm, em média, cinco milhões de células olfativas, algumas raças caninas podem ter 220 milhões.

Adicionalmente, a área no cérebro dos cães destinada a sentir o cheiro é 40 vezes maior do que a do homem.

Por outras palavras, podemos dizer que, enquanto o ser humano consegue pelo cheiro perceber que há uma colher de açúcar numa chávena de café, um cão consegue detetar a mesma quantidade diluída em duas piscinas olímpicas.

Esse olfato superdesenvolvido faz com que cães consigam não apenas saber quem está a chegar antes das pessoas como distinguir quem é pelo cheiro do perfume, por exemplo. A audição dos cães também é bastante superior à do homem. Acredita-se que seja dez vezes mais sensível que a nossa, com capacidade de captar sons quatro vezes mais distantes e detetar a a origem do som em apenas seis centésimos de segundo.

Além da anatomia, outro factor que contribui para que o cão saiba que o seu dono (ou qualquer outra pessoa) está próxima é o condicionamento animal. Ou seja, se uma pessoa costuma chegar sempre a casa à mesma hora, é natural que o cachorro identifique esse comportamento e passe a esperá-la.

“Os cães não têm noção de tempo, mas tudo o que é feito todos os dias, torna-se um condicionamento”, diz Tamborini. O mesmo ocorre com as refeições. Se costuma dar ração diariamente ao seu animal, às 7h, não importa se é segunda-feira ou sábado, o seu patudo estará à sua espera.

Fonte: Lifestyle ao minuto/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: