Selecção Paralímpica regressa com medalhas

0

A Selecção Nacional Paralímpica de Atletismo, em ambos os sexos, regressa hoje à tarde a Luanda, proveniente da capital da Tunísia, onde conquistou cinco medalhas de ouro e outras tantas de prata e bronze no “Meeting” Internacional de Tunis, disputado de 24 a 30 de Junho, no Estádio Olímpico, em Ràdes.

Nas provas de velocidades, José Chamoleia, da classe de T11 (deficiência visual total), arrebatou duas medalhas de ouro, nas especialidades dos 200 e 400 metros planos e uma de bronze nos 100.
Manuel Jaime, da classe T46 (amputado de membro superior), conquistou três medalhas, sendo uma de prata nos 800 metros e duas de bronze nas provas dos 400 e 1500. Oliveira André (T12/deficiência visual parcial) também arrebatou uma medalha de prata nos 400 metros. Daniel Quintas (F 54, sequelas de poliomielite, lesões medulares ou amputados dos membros inferiores), falhou o objectivo nos arremessos de pesos (dardo e disco).
No sector feminino, Regina Dumbo (T11), que se lesionou durante a prova dos 400 metros, arrebatou medalhas de ouro nos 100 e 200 metros, e Emelóide Avelino (T11) ganhou ouro nos 400, prata (200) e bronze (100).
Rode Fernando, da classe de T 12 (deficiência visual parcial) conseguiu duas medalhas: uma de bronze nos 100 metros e prata nos 200. O “Meeting” de Tunis foi qualificativo para o Campeonato do Mundo, de 1 a 15 de Novembro, no Dubai, e para os Jogos Paralímpicos de 2020, de Tóquio, no Japão.

Fonte: JA/LD

Share.

Sobre o autor

Avatar

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta