Seca afecta 70 mil pessoas no município do Cuanhama

0

Setenta mil pessoas, dos 360.491 habitantes do município do Cuanhama, encontram-se afectadas pela seca, devido à falta de chuva que se regista nos últimos três meses na província do Cunene.

A informação foi avançada quarta-feira, na localidade de Ouputo Wa Kavandje, pelo  administrador municipal, Eugénio Ndamenapossi, à margem de uma visita de trabalho do governador do Cunene, Vigílio Tyova, às localidades de Okakango, Oshitumba e Ehafo, para avaliar o impacto da seca.

Eugénio Ndamenapossi disse que a situação é crítica, adiantando que se não chover até final de Janeiro os efeitos da seca poderão ser maiores e o número de pessoas com carência de água poderá aumentar.

Por seu turno, o vice-governador do Cunene para os serviços técnicos e infra-estruturas, Feliciano Salomão Himulava, disse que a situação da seca na província requer resposta urgente, que passa pelo reforço no abastecimento de água potável para minimizar as consequências.

“Estamos a trabalhar com as administrações municipais e os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, para reforçarmos a distribuição da água às zonas mais afectadas através de camiões cisternas. Vamos também colocar mais reservatórios em outros pontos críticos”, explicou.

Informou que, durante os últimos três meses de 2018, não choveu na província e as localidades mais críticas sobrevivem da água reservada em tanques e outras comunidades percorrem distâncias de 10 a 16 quilómetros em busca do precioso líquido em chimpacas.

“Para além da falta de água, as famílias queixam-se da falta de alimentos, por não estarem a produzir. O gado bovino, que é a principal riqueza local, está em risco por não existir pastos suficientes, o que vai contribuir para o aumento da fome”, salientou.

Feliciano Himulava sublinhou que estas visitas de constatação, que abrange também os municípios de Namacunde, Cuvelai e Ombadja, visam tomar medidas viáveis para minimizar as consequências da seca que afecta as populações.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: