Sauditas intercetam ‘drones’ de rebeldes iemenitas que visavam aeroporto

0

Os ‘drones’ tinham como alvo o aeroporto de Jizan, segundo a coligação, num comunicado divulgado pela agência oficial de notícias saudita SPA. Não houve danos materiais ou vítimas, segundo a mesma fonte.

Os rebeldes Houthi do Iémen reivindicaram os ataques dos ‘drones’ sobre os aeroportos de Jizan e Abha (sul), de acordo com Al-Masirah, o canal de televisão dos Houthis. A coligação não confirmou o ataque a Abha.

Os rebeldes xiitas Houthi, considerados próximos ao Irão e que tm sofrido um intensos bombardeamentos por parte da coligação desde março 2015, intensificaram os seus ataques com ‘drones’ e mísseis contra cidades sauditas nas últimas semanas.

Na terça-feira, nove civis ficaram feridos num ataque dos Houthi contra o aeroporto de Abha, de acordo com a coligação. A 12 de junho, um ataque com mísseis contra este aeroporto fez 26 feridos civis e provocou um severo contra-ataque da coligação.

A 23 de junho, um novo ataque com mísseis no mesmo aeroporto matou um sírio e feriu 21 pessoas, segundo a coligação.

Os ataques estão a ocorrer devido à tensão crescente na região do Golfo Pérsico, com os Estados Unidos, aliados dos sauditas, e o Irão, próximos dos rebeldes iemenitas, como protagonistas principais.

A coligação liderada pelos sauditas interveio em 2015 para apoiar as autoridades iemenitas, após a fuga para a Arábia Saudita do Presidente do Iémen, Abd Rabbo Mansour Hadi, antes do avanço dos rebeldes no território.

O conflito causou dezenas de milhares de mortes, segundo organizações internacionais. A luta tem causado uma crise humanitária no Iémen que a ONU considera como a mais séria do mundo, com milhões de pessoas deslocadas e precisando de ajuda.

Fonte: N. Minutos/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: