Samsung prepara baterias de grafeno que se carregam completamente em 12 minutos

0

A fabricante sul coreana está a desenvolver baterias que usam grafeno, em vez de lítio. A utilização deste material permite cargas mais rápidas e maiores autonomias.

Este tipo de baterias de grafeno poderá ser particularmente útil quando os smartphones começarem a encher-se de apps de VR e Realidade Aumentada, que irão esgotar completamente a autonomia. Segundo a Samsung, é possível recarregar uma destas baterias de grafeno em apenas 12 minutos. Por outro lado, estes componentes também mantêm uma temperatura estável de cerca de 60 graus, explica o estudo da Samsung citado pela Nature Communications.

Os investigadores da Samsung testaram fundir as bolas de grafeno que encontraram com sílica e usaram esse matéria como camada protetora e material para as baterias de iões de lítio, conferindo-lhe as capacidades de maior autonomia e rapidez de carga.

A Samsung ainda está no processo de registar as patentes desta descoberta e ainda não consegue adiantar quando é que poderemos ter os primeiros modelos com este tipo de baterias.

Fonte: Exame Informática / EB

Share.

Sobre o autor

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta