Salah “bisa” no troféu de melhor de África

0

O avançado egípcio Mohamed Salah revalidou nesta terça-feira o título de melhor futebolista do continente africano, ao ser eleito pela Confederação Africana de Futebol (CAF), numa gala realizada na cidade senegalesa de Dakar, depois do feito em 2017.

Actualmente ao serviço do Liverpool da Inglaterra, venceu na corrida o colega de equipa, Sadio Mané, do Senegal, e o gabonês Jerre-Emerick Aubameyang, Arsenal, também da Inglaterra,

Em 22 de Junho de 2017 tornou-se no africano mais caro da história do futebol ao transferir-se para o Liverpool, por 42 milhões de Euros, mais 8 milhões de bónus.

Antes, o único egípcio a conquistar a distinção havia se destacado no FC Basileia (da Suíça) até ser contratado pelo Chelsea (da Inglaterra) a 26 de Janeiro de 2014, por cinco anos e meio.

Em 2018, o jogador marcou 44 golos e protagonizou 16 assistências em 52 jogos, um feito extraordinário só superado pelo antigo atacante da sua equipa, Ian Rush (marcou 47 golos em 1983-84).

No seu historial, o futebolista, de 26 anos, militou na Al-Mokawloon (Egipto), Basileia (Suíça), Chelsea (Inglaterra), Fiorentina (Itália), Roma (Itália) e Liverpool (Inglaterra). Fez 330 jogos e rubricou 137 golos, ao passo que a nível de selecção fez 62 partidas e acertou 39 vezes com a baliza.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: