Sabonete ou gel de banho? Nem um, nem outro

0

Deixam a pele suave, hidratada e limpa ao ponto de eliminarem as bactérias e micróbios presentes na pele. O sabonete ou gel de banho são já presença garantida na hora do banho, mas podem, na verdade, ser prejudiciais.

À revista norte-americana Time, o especialista Robynne Chutkan explica por que as pessoas não devem lavar-se diariamente com estes produtos de higiene pessoal.

Em primeiro lugar, diz, o contacto com poeira e sujidade “ensina o ‘microbioma’ a reconhecer os germes amigos e os inimigos”, em segundo lugar, o ‘poder’ de limpeza dos produtos de banho faz com que sejam eliminados micróbios e bactérias fundamentais para o bem-estar e para a saúde.

Segundo o especialista, não há, porém, qualquer mal em usar sabonete ou gel de banho, desde que estes sejam orgânicos e não antibacterianos, os mais vendidos e procurados pelos consumidores. Estes antibacterianos são os que mais componentes químicos e tóxicos possuem, podendo, ou seja, a emenda sair pior que o soneto.

A água é, por si só, suficiente para a limpeza da pele, sendo que o sabonete ou o gel de banho só devem entrar em ação nos casos de maior sujidade, como acontece após o contacto com a terra, o óleo ou tinta.

Fonte: Lifestyle ao Minuto/BA

Share.

Deixar uma resposta