Rússia doou a Angola vacinas contra a febre-amarela no valor de USD 5,3 milhões

0

O Governo da Rússia doou 3,4 milhões de doses de vacinas a Angola para o combate à febre-amarela, no valor de 5,3 milhões de dólares (4,9 milhões euros), informou terça o Ministério da Saúde angolano.

Em nota de imprensa, o governo referiu que o apoio insere-se no âmbito da cooperação bilateral no domínio da saúde pública, tema abordado na audiência que o ministro da Saúde , Luís Gomes Sambo, concedeu ao embaixador da Rússia em Angola, Dimitri Lopbach.

Angola enfrentou de finais de dezembro de 2015 até junho de 2016, uma epidemia de febre-amarela, cujo fim declarado pelas autoridade angolanas em dezembro de 2016, com 884 casos confirmados laboratorialmente de um total de 4.436 casos suspeitos e 381 óbitos.

Na nota, Luís Gomes Sambo reconheceu a importância do trabalho dos 230 especialistas russos colocados em unidades sanitárias de 14 províncias do país.

Angola e a Rússia assinaram em 2013 um Memorando de Entendimento, que prevê, entre outras áreas, a monitorização, prevenção, controlo e gestão de doenças transmissíveis e não transmissíveis.

TPA com Sapo 24 / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: