Russell Crowe recusou papel no ‘Senhor dos Anéis’ e perdeu 87 milhões

0

Tinham oferecido ao ator 10% dos lucros de ‘A Irmandade do Anel’ se aceitasse interpretar Aragorn.

Numa entrevista concedida a Howard Stern, o australiano Russell Crowe explicou por que motivo recusou entrar na trilogia ‘Senhor dos Anéis’. Segundo o news.com.au, a proposta feita a Crowe não contemplava um cachet à cabeça. Tentaram antes aliciar o ator com uma oferta de 10% das receitas do primeiro filme da trilogia, ‘A Irmandade do Anel’, para desempenhar o papel de Aragorn.

Ora, como se sabe, foi Viggo Mortensen quem acabou por interpretar a personagem do universo de J. R. R. Tolkien. Contas feitas, e tendo em conta que o filme gerou receitas de 860 milhões de dólares (755 milhões de euros) a nível mundial, o ator galardoado com um Óscar podia ter recebido 100 milhões de dólares (87 milhões de euros) só pelo primeiro filme da trilogia.
“Eu não achei que o Peter Jackson me quisesse realmente no filme. Acho que ele foi obrigado pelo estúdio a falar comigo porque houve uma altura em que me queriam em todos os filmes”, afirmou Russell Crow a Howard Stern.
O ator esclareceu que falou ao telefone com o realizador e que percebeu na sua voz que Jackson não estava inclinado para o ter no filme. “O meu instinto disse-me que ele tinha outra pessoa em mente, que se revelou ser o Viggo Mortensen”.

Russell Crowe acrescentou que “nunca pensou” nesta recusa que lhe custou uma fortuna.

Share.

Sobre o autor

Avatar

Deixar uma resposta