Rudy Giuliani diz que Trump pagou pelo acordo com actriz “porno”

0

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reembolsou o advogado Michael Cohen pelo pagamento efetuado à actriz Stormy Daniels, disse o ex-presidente da Câmara de Nova Iorque Rudy Giuliani.

Numa entrevista à estação de televisão Fox News, Giuliani acrescentou que Trump “reembolsou” o advogado pelo pagamento dos 130 mil dólares acordado com a atriz de filmes pornográficos, Stormy Daniels.

“Pelo que sei, Trump não conhecia os detalhes, mas tinha conhecimento de que havia a possibilidade de um acordo e que Michael (Cohen) ia encarregar-se do assunto”, disse ainda Rudy Giuliani.

A entrevista ao ex-autarca de Nova Iorque contradiz a declaração de Donald Trump que já garantiu que não tinha conhecimento do pagamento e que desconhece de onde surgiu o dinheiro destinado a Stormy Daniels, com quem manteve uma ligação sexual.

Stormy Daniels e Donald Trump enfrentam-se num processo judicial desde que, no princípio do ano, foi publicado na imprensa que Cohen fez um pagamento à atriz antes das presidenciais norte-americanas em 2016.

Supostamente, o pagamento terá sido efetuado para que Stormy Daniels não revelasse a relação sexual que manteve com Trump em 2006, pouco depois do casamento com a atual primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump.

A transação pode configurar violação das leis norte-americanas sobre financiamento eleitoral caso se considere que o pagamento teve como finalidade manter a imagem de Trump, como candidato, num momento especialmente delicado da campanha.

Mesmo assim, Giuliani afirmou na entrevista à Fox News que o pagamento não transgrediu a lei eleitoral porque o montante referido não saiu das contas da campanha do Partido Republicano.

No início de 2018, Stormy Daniels, nome artístico de Stephanie Gregory Clifford, 39 anos, recorreu aos tribunais para renunciar ao pacto, um litígio judicial que ainda não foi resolvido.

O advogado Michael Cohen pediu, entretanto, uma quantia milionária à atriz por não cumprimento do pacto de confidencialidade ao tornar pública a ligação que, supostamente, manteve com Donald Trump.

Fonte: Jornal de Notícias/BA

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: