RNA homenageia vítimas de violência

0

Pretende-se com a iniciativa induzir a sociedade para uma ampla reflexão à volta do problema, que se tem agudizado no país.

Segundo a administradora de marketing comercial e intercâmbio da RNA,  Círia de Castro, outras estações de rádio, cadeias de televisão em sinal aberto e departamentos ministeriais vão associar-se à iniciativa.

A ANGOP também vai solidarizar-se com as vítimas de violência, paralisando os seus serviços durante um minuto, às 13h00.

Dados do INE (2015-2016) apontam que 32 por cento das mulheres foram vítimas de violência física, desde os 15 anos, e 22 por cento nos 12 meses anteriores ao inquérito.

Oito por cento das mulheres foram vítimas de violência sexual em algum momento e cinco por cento nos últimos 12 meses, enquanto 34 por cento foi vítima de violência conjugal (física ou sexual) cometida pelo marido ou parceiro.

Share.

Sobre o autor

Avatar

Deixar uma resposta