Reynaldo Peralta Rodriguez a sair da morgue com o caixão da sua mulher, Vilma Trujillo

0

Vilma Garcia Trujillo foi acusada por uma seita religiosa denominada “Assembléa de Dios” de estar “possuída pelo Diabo”. Juan Gregorio Rocha Romero, pastor da associação religiosa disse mesmo que a vítima “caiu no fogo quando o espírito do demónio saiu do seu corpo”.

Testemunhas citadas pelo jornal “La Prensa”, contam que a mulher foi amarrada, queimada na fogueira e, em seguida, o seu corpo foi atirado para um barranco.

O pastor Juan Rocha Romero foi entretanto detido, juntamente com quatro outros elementos da sua congregação. Os cinco – três homens e duas mulheres – enfrentam a acusação de homicídio.

Revelação divina

Rocha Romero disse ainda que uma mulher da “Assembléa de Diós” tinha tido uma “revelação divina”, segundo a qual um homem teria obrigado Vilma Trujillo a pecar. “Por isso foi possuída por um demónio”, argumentou.

Por outro lado, Reynaldo Rodriguez Peralta, marido da vítima, disse que a sua mulher tinha sido violada, mas as autoridades não confirmam. Acrescentou ainda que a sua família foi alvo de diversas ameaças, após a detenção dos suspeitos.

O caso, que está a chocar a sociedade nicaraguense, aconteceu numa comunidade conhecida como Cortezal, localizada perto da cidade de Rosita, na região caribenha do país, uma zona economicamente deprimida, distante e esquecida pelas autoridades nacionais.

Este é mais um caso de violência extrema contra mulheres num país com seis milhões de habitantes que, entre 2012 e 2016, assistiu à morte violenta de 345 mulheres.

Fonte: msn notícias/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: