Resultados dos testes de ADN de Jonas Savimbi são conhecidos hoje

0

Os resultados dos testes laboratoriais ao DNA dos restos mortais do fundador da UNITA, Jonas Savimbi, realizados em laboratórios da África do Sul, de Portugal e de Angola, vão ser conhecidos hoje, como foi divulgado pela Comissão Multissectorial para o Processo de Exumação, Transladação e Inumação que junta elementos do Governo e do partido do “Galo Negro”.

A abertura dos envelopes que contêm os resultados vai ter lugar durante um encontro dos membros da Comissão Multissectorial, à qual se segue uma conferência de imprensa, onde se presume que sejam tornados públicos os dados obtidos nos laboratórios dos três países e a partir dos quais a família do fundador da UNITA ficará segura de que os restos mortais que vão ser transladados do cemitério do Luena, MOxico, para Lupitanga, Andulo, na província do Bié, são de Jonas Malheiro Savimbi.

Embora as fontes da UNITA contactadas pelo NJOnline não tenham avançado com detalhe o horário estabelecido, o início do processo está definido para a tarde de hoje.

Segundo a Comissão, confirmados que sejam, publicamente, os resultados, depois os restos mortais de Jonas Savimbi (nesta foto com o antigo Presidente dos EUA, Ronald Reagen, na década de 1980) vão ser entregues oficialmente à família, numa cerimómia agendada para o próximo dia 28 de forma a que as cerimónias de trasladação para a sua terra natal, na província do Bié, possam ter seguimento.

A decisão foi tomada, na passada semana, durante uma reunião da Comissão orientada pelo ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião, onde foi igualmente fixado o dia de hoje para a divulgação dos resultados dos testes laboratoriais ao DNA obtido nos restos mortais exumados no cemitério do Luena, em finais de Janeiro.

Após estes actos, será definida a data para a cerimónia de transladação dos restos mortais do fundador e líder histórico da UNITA para a sua terra natal.

A UNITA anunciou há duas semanas, em comunicado assinado pelo presidente do partido, Isaías Samakuva, que os testes já tinham sido concluídos, garantindo a sua divulgação logo após a conclusão das tramitações legais junto das autoridades nacionais.

As amostras para a realização de testes laboratoriais para confirmar que Jonas Savimbi foi sepultado no Luena, Moxico, em 2002, após ter sido abatido em combate, foram colhidas a 31 de Janeiro deste ano e enviadas para laboratórios da África do Sul e Portugal, tendo outra amostra sido analisada em Angola, esperando-se que a 25 de Fevereiro já fosse conhecido o resultado obtido a partir do cruzamento dos dados oriundos destes três laboratórios.

Uma das questões sublinhadas pelos dirigentes da UNITA e pelos familiares de Jonas Savimbi é que antes de serem efectuadas as cerimónias fúnebres na sua terra natal é determinante obter os resultados dos testes que provam que aqueles são efectivamente os restos mortais de Jonas Malheiro Savimbi.

AUNITA tem em cima da mesa um conjunto de acções previstas para engrandecer estas cerimónias, para as quais espera milhares de pessoas a rumar a Lupitanga, a terra natal do seu líder histórico, cumprindo um desígnio manifestado em vida por Savimbi.

Para além dos muitos milhares de angolanos, o partido do “Galo Negro” aguarda igualmente algumas centenas de pessoas vindas do estrangeiro, nomeadamente de África e da Europa.

Para isso, no âmbito da Comissão Multissectorial para o Processo de Exumação, Transladação e Inumação, foram feitos esforços no sentido de melhorar os acessos a Lupitanga, bastante danificados pelas chuvas ao longo dos últimos anos e ainda criar um mínimo de condições de acolhimento tanto no interior como nas imediações de pequeno cemitério.

Foi ainda definido um calendário e uma estratégia para realizar os fundos para custear o programa, para o qual a UNITA pediu colaborações dos seus dirigentes e da sociedade angolana, incluindo o Estado, nomeadamente a construção do túmulo de Savimbi.

Todo este procedimento, nomeadamente a construção do túmulo, que familiares e o partido querem que tenha a dignidade que o histórico líder e fundador deve ter, poderá agora contribuir para alguns atrasos na conclusão deste processo de transladação dos restos mortais de Savimbi.

Todavia, essa questão deverá ser hoje abordada na conferência de imprensa que terá lugar na Cidade Alta.

TPA com NJ/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: