Ravinas ameaçam infra-estruturas rodoviárias e de energia eléctrica

0

As vias expressas nos sentidos Kifangondo/Luanda e Cacuaco/Benfica, bem como alguns postes de transporte de energia de média tensão, no troço entre a Nova Urbanização e o bairro do Belo Monte, correm sérios riscos de danificarem, em função do surgimento de ravinas ao longo dessas zonas.

O Jornal de Angola efectuou uma ronda por essas zonas existentes no território do município de Cacuaco, em Luanda, com a finalidade de constatar o perigo existente para os utentes, entre automobilistas, transeuntes e os meios rolantes, bem como para as infra-estruturas, a julgar pela forma silenciosa como este fenómeno natural está a progredir, sem haver sinais de intervenção das autoridades a quem de direito.

O primeiro local que despertou a nossa atenção é a ponte das antigas salinas de Cacuaco, na Via- Expresso Kifangondo/Luanda, onde uma ravina está a evoluir de forma lenta e silenciosa, colocando em risco o tapete asfáltico da faixa de rodagem ascendente, no sentido Vila de Cacuaco/bairro do Balumuka, no Kicolo.

Ali, a força das águas da chuva provocou uma enorme cratera e, em função da humidade que as mesmas vão provocando sobre os solos que sustentam a estrada, levanta-se a hipótese de, tarde ou cedo, poder ocorrer uma erosão na faixa de rodagem em referência, o que constitui um perigo à espreita naquele local, para os usuários menos avisados.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: