Equipa angolana em Moçambique prioriza acções de assistência e prevenção

0

As acções terão como alvo principal as vítimas do Ciclone Tropical Idai, que fustigou a província moçambicana de Sofala, na madrugada do dia 14 de Março do ano em curso.

Para suportar as actividades, foi entregue na manhã desta segunda-feira  ao governo moçambicano mais de uma tonelada de meios logísticos.

De acordo com o chefe da delegação civil da missão, João Pascoal, na abordagem inicial foi constatada a destruição total ou parcial das principais unidades sanitárias locais.

“Por esta razão demos este suporte constituído maioritariamente por tendas, alimentos, materiais gastáveis e de biossegurança, para possibilitar os trabalhos das equipas”, explicou.

Ainda segundo a fonte, nesta primeira fase, todas as acções da equipa humanitária angolana estarão focadas em três alvos: zonas críticas, centros de acolhimento e acções que garantam a salubridade das comunidades.

O contingente angolano desembarcou na Beira na sexta-feira (22), enviada pelo Chefe de Estado angolano, João Lourenço, e é composto por 100 pessoas.

TPA com Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: