Principal accionista lamenta saída de Wenger do Arsenal

0

O accionista maioritário do Arsenal, Stan Kroenke, lamentou a saída de Arsene Wenger do comando técnico dos gunners no final da temporada.

«É um dos dias mais difíceis que nós já tivemos em todos estes anos. Uma das principais razões da nossa ligação ao Arsenal foi devido a tudo aquilo que Wenger trouxe ao clube e para o relvado. A sua longevidade e consistência durante tanto ao mais alto nível nunca será novamente atingido. Todos aqueles que gostam do Arsenal e de futebol têm uma dívida de gratidão para com ele», afirmou Stan Kroenke, em declarações à imprensa inglesa

Com a saída de Arsene Wenger no final da temporada do Arsenal surgem agora vários candidatos para ocuparem o seu lugar e entre as escolhas estão os portugueses Leonardo Jardim (Mónaco) e Paulo Fonseca (Shakhtar Donetsk).

Para além dos dois técnicos portugueses, que já foram várias vezes associados, estão também os nomes de Mikel Arteta, que jogou cinco anos no Arsenal, Thierry Henry, antiga super estrela dos gunners, Carlos Ancelotti, que está livre de contrato e quer regressar à Premier League, Luis Enrique, que depois da paragem pretende voltar a trabalhar, Rafa Benítez, o selecionador alemão Joachim Low e Brendan Rodgers.

Fonte: ABOLA / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: