Pressão arterial elevada associada a maior risco de se perder o bebé

0

Um recente estudo, publicado no “Hypertension” este mês, analisou o caso específico de 1228 mulheres que haviam perdido o filho durante a gestação. Das 797 que conseguiram engravidar novamente, 188 perderam novamente o bebé.

Embora numa primeira análise os investigadores não tenham encontrado qualquer associação entre a pressão arterial e a capacidade de engravidar, numa segunda fase do estudo foram tidos em conta outros parâmetros como consumo de tabaco, massa muscular entre outros, de onde se concluiu que o estado da pressão arterial ainda antes da gravidez, influenciado por outros fatores, tem de facto influencia no período de gestação.

Embora não seja ainda possível apontar uma causa ao certo, prevê-se que o problema advenha da inflamação que compromete o bom funcionamento dos vasos sanguíneos – caraterísticas que são comuns à hipertensão e ao abordo espontâneo.

Apesar dos relevantes dados, os autores do presente estudo ressalvam que o mesmo se baseou na observação de dados pelo que não é possível apontar a relação entre causa e efeito. Ainda assim, uma maior atenção à pressão arterial deve ser tida em conta não só como prevenção de doenças cardiovasculares como para a saúde na área da reprodução

Fonte: Lifestyle/BA

 

Sobre o autor

Deixar uma resposta