Personal trainer é suspenso após envergonhar mulher acima do peso em rede social

0

Um personal trainer foi suspenso de seu trabalho após envergonhar publicamente uma mulher na rede social.

Em um story do Instagram, que foi deletado, Shah Cutler, funcionário da Fitness First Singapore, compartilhou uma foto de uma mulher desconhecida pedindo um sorvete e colocou a seguinte legenda: “Ninguém merece! Não basta ser gorda e ainda quer mais sorvete? Deprimente.”

A publicação de Cutler recebeu muitas críticas on-line e chamou a atenção de seu patrão, que emitiu um comunicado no Facebook condenando as ações de seu funcionário.

“Chegou ao nosso conhecimento a recente publicação de um treinador de nossa empresa em uma rede social e descobrimos que ele usou declarações insensíveis para se referir a uma pessoa e, por isso, gostaria de pedir desculpas por qualquer inconveniente causado”, escreveu o dono da academia. “Nós realizamos uma investigação interna e suspendemos as atividades dele até segunda ordem. Depois do ocorrido, ele se desculpou publicamente por seu comportamento através do Instagram e entendeu a indelicadeza de seu comentário.”

A academia continuou assegurando publicamente que eles “não concordam com o comentário feito por seu funcionário e nem toleram tal comportamento.”

Cutler também fez um pedido de desculpas formal em seu Instagram.

“Eu gostaria de me desculpar sinceramente por minha recente publicação no Instagram. Eu também fui muito imprudente e entendi que a minha afirmação foi imprudente e ofensiva”, escreveu ele. “Como treinador, eu sou completamente comprometido com meu dever de ajudar as pessoas a alcançar seus objetivos de saúde e condicionamento físico e vou continuar a fazer isso da melhor forma possível.”

O pedido de desculpas em questão foi curto, já que Cutler apagou todas as suas contas das redes sociais e de seu site oficial.

O incidente provocou um misto de reações on-line, com algumas pessoas pedindo a demissão de Cutler.

“Em minha opinião, esse comportamento, vindo de um personal trainer, é totalmente inaceitável. Como personal trainer, você deve demonstrar compaixão, empatia e uma disposição genuína para ajudar o público e clientes que precisam de aconselhamentos profissionais para entrar em forma”, escreveu uma pessoa. “Como pessoa, se ele não tem essas qualidades, claramente esse trabalho não é adequada para ele….”

Uma cliente em potencial disse que estava pensando em ser membro da academia, mas agora está com receio.

“Vou ficar me perguntando se outros treinadores das academias também serão insensíveis e farão comentários preconceituosos sobre gordura, tamanho ou corpo”, escreveu ela.

Outros sugeriram medidas alternativas para corrigir o problema, como fazer com que Cutler passe a dar aulas gratuitas para seus clientes.

Mas essa não é a primeira vez que as observações de Cutler sobre as mulheres são colocadas em evidência. No mês passado o treinador compartilhou em seu Facebook um status de 2015 que estava escrito: “Então quer dizer que homens gordos têm que aceitar a rejeição das mulheres, mas as mulheres gordas pensam que os homens têm que aceitá-las como elas são? Como assim?! Kkkkkkkkk”

Fonte: YAHOO/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: