Pedro Sanchez já está em Angola

0

O Presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez Pérez Castejón, já está em Luanda, onde chegou na noite desta quarta-feira, para uma visita oficial a convite do Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, Pedro Sánchez Pérez Castejón recebeu cumprimentos de boas-vindas do ministro angolano das Relações Exteriores, Téte António.

A agenda de trabalho de Pedro Sánchez Pérez Castejón prevê, para quinta-feira, de manhã, a participação num Fórum empresarial Angola-Espanha.

No mesmo dia, o Presidente do Governo de Espanha vai ao Palácio Presidencial da Cidade Alta, onde está previsto um encontro com o Chefe de Estado angolano seguido de conversações oficiais entre delegações dos dois países.

Ainda no quadro da visita, Pedro Sánchez vai testemunhar, no Palácio Presidencial, a assinatura de diversos instrumentos jurídicos para o reforço da cooperação bilateral.

Ainda no Palácio Presidencial, segundo a agenda, as duas entidades prestarão declarações à imprensa.

No período da tarde, o Presidente do Governo de Espanha visitará a subestação da empresa ELECNOR, na Boavista, e o Colégio Salesianos Dom Bosco, no distrito urbano do Sambizanga.

Pedro Sánchez deixará Luanda a meio da tarde de quinta-feira rumo ao Senegal, segunda etapa da sua deslocação ao continente africano.

Desenvolvimento das relações bilaterais

As relações de cooperação bilateral entre Angola e o Reino de Espanha têm como base o Acordo Geral de Cooperação, assinado a 20 de Maio de 1987, e o Acordo Complementar ao Acordo Geral, assinado em Novembro de 1987.

A cooperação entre os dois países tem-se intensificado no sector empresarial com a presença de empresas espanholas em Angola.

Em 2008, o Reino de Espanha concedeu uma linha de crédito a Angola no valor de 600 milhões de euros, com vista a estreitar a cooperação bilateral entre os dois países.

Em 2009, o Reino de Espanha concedeu uma nova linha crédito a Angola no valor de 500 milhões de Euros, gerida pela Companhia Espanhola de Seguro de Crédito à Exportação-CESCE, para incentivar as exportações entre os dois países.

As linhas de crédito fizeram com que o volume de negócios entre Angola e Espanha tivessem alcançado aproximadamente mil milhões de euros em 2011, contra os setecentos e cinquenta milhões de euros em 2010.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: