Angola terá este ano Centro de Emissão de Satélite

0

A informação foi avançada à imprensa, nesta quarta-feira, em Luanda, pelo ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, no final da 2ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros.

Segundo o governante, pretende-se com o funcionamento desse centro evitar a emissões de radiações electromagnéticas que interfiram nos sinais a serem emitidos pelo satélite angolano (Angosat).

Nesta quarta-feira, o Conselho de Ministros, reunido sob orientação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, no âmbito das tecnologias de informação, aprovou o regulamento das Servidões Radioeléctricas.

José Carvalho da Rocha referiu que se pretende também evitar obstáculos naquela região, susceptiveis de gerar interferências no sinal.

Disse que este centro vem proteger aquela região e também outras onde forem construídos centros da mesma natureza.

O Centro de Emissão e Controle de Satélite está concluído e neste momento o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação está a formar os quadros nacionais.

Entretanto, a Conselho de Ministros aprovou na mesma sessão projectos relacionados com o sector das telecomunicações e Tecnologias de Informação.

Segundo o governante, foi igualmente nesta sessão aprovada a estratégia de pagamentos móveis, pretendendo-se com esta colocar à disposição da população mais um sistema de pagamentos, que deve ser assente nas redes móveis, para permitir que todos aqueles utentes de um telemóvel possam fazer algumas transacções usando o dinheiro electrónico.

Explicou que foi de igual modo aprovada a estratégia espacial nacional ligada ao projecto Angosat, que vai permitir ao país usar todas essas infra-estruturas espaciais para o seu desenvolvimento económico e social.

O Angosat estará em órbita já em pleno funcionamento a partir deste ano, informou o ministro.

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: