Os suplementos que pode tomar e os que deve evitar

0

Não há melhor suplemento vitamínico ou mineral do que aquele que tem origem na nossa alimentação. Esta ideia tem vindo a ser defendida pelos mais recentes estudos científicos e foca-se, sobretudo, na importância de olhar para os alimentos como verdadeiros medicamentos, excluindo tudo o que possa ser artificial.

Contudo, nem sempre é possível seguir a tese de Hipócrates, que diz para fazermos do nosso alimento o nosso remédio. E prova disso é o estilo de vida acelerado que levamos nos dias de hoje e a imensidade de stress que sentimos, dois factores que andam sempre lado a lado e que interferem negativamente com o nosso organismo e com a capacidade de absorvermos o que de melhor os alimentos têm para nos dar.

Mas, se por um lado existem suplementos que até podem ser benéficos (como é o caso da vitamina D, que fortalece a saúde óssea), outros podem ser completamente desnecessários por pouco ou nada acrescentarem à saúde, como acontece com os antioxidantes.

Como destaca o site Business Insider, a toma de suplementos (em comprimidos, cápsulas ou pó) deve ser feita sempre com o aconselhamento de um médico ou especialista, pois só assim é possível saber se a escolha é a mais acertada ou se estamos a dar ao corpo algo que não precisa, aumentando, com isso, o risco de toxicidade.

Veja algumas das imagens selecionadas e e saiba que suplementos pode tomar e os que deve evitar (salvo indicação contrária do médico, como é claro). Se preferir apostar sempre na alimentação, fique a par do ‘suplemento’ mais indicado para cada mal de saúde.

Importante para a saúde dos ossos, podendo ser necessária quando o consumo de alimentos de origem animal é reduzido

 

Zinco – Embora seja facilmente encontrado na alimentação, este é o único suplemento que pode ajudar contra uma gripe

Ácido fólico (vitamina B9)- Importante para as mulheres que querem engravidar ou estão já em período de gestação

DIGA NÃO –  Vitamina E – Embora seja importante para a pele, quando tomada em excesso por aumentar o risco de determinados cancros

 

 

Fonte: Lifestyle ao minuto/BA

 

 

 

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: