Os países mais doces

0

 

Durante os dias de Páscoa, o consumo de doces e chocolates é bastante comum em várias partes do mundo. É o caso de países como Espanha, onde os amantes da pastelaria tradicional podem saborear torrijas, buñuelos e pestiños e os mais pequenos, especialmente nas regiões do Levante espanhol, podem saborear o macaco da Páscoa que o padrinho lhes deu. En otros países europeos como Alemania o Francia también es común que los niños busquen liebres y huevos de chocolate escondidos en su casa, en parques o jardines, mientras que en países latinoamericanos como Argentina y Chile, durante el Domingo de Pascua se acostumbra a comer huevos De chocolate. Mas, esse amor por doces continua durante o resto do ano nesses e em outros países do mundo? Como podemos ver no infográfico a seguir, 61% das pessoas entrevistadas na Alemanha no Statista Global Consumer Survey em 2020 afirmaram comer doces e chocolates regularmente, enquanto na França a porcentagem foi um pouco menor (43%). Na Suíça, país famoso pelo chocolate, cerca de metade dos pesquisados ​​afirmam consumir esse produto regularmente e percentual semelhante foi registrado na Espanha. Dos países selecionados neste gráfico, dois asiáticos estão entre os mais avessos ao consumo regular de doces e chocolates: na China 30% dos pesquisados ​​afirmam fazê-lo e na Coréia do Sul, apenas 19% o fazem. Dos países latino-americanos selecionados neste gráfico, nenhum supera o Brasil no gosto por doces, com 56%. Em seguida vêm Argentina (47%), Chile (44%) e, por último, México (39%). Não se esqueça que o consumo excessivo de açúcar aumenta o risco de desenvolver doenças como diabetes e obesidade. Este último pode ser sofrido por 254 milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo em 2030.

Fonte: https://es.statista.com

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: