O Shazam servirá para muito mais do que reconhecer músicas

0

A Shazam quer ser muito mais do que uma aplicação para identificar música, uma área que a tem ajudado a ganhar cada vez mais notoriedade e que será utilizada na expansão para outras áreas. Não se trata simplesmente de reconhecer objetos mas sim de dar a artistas e empresas uma forma de tornar objetos da vida diária mais interessantes.

Para tal, a Shazam passará a apostar na realidade aumentada para dar vida a objetos quotidianos. “Sabíamos que tínhamos algo de valor quando lançámos o reconhecimento de imagens em 2015. Com o rápido crescimento da realidade aumentada é uma evolução natural para o Shazam ser o primeiro a oferecer realidade aumentada nesta escala”, conta ao Digital Trends o CEO da Shazam, Rich Riley.

 A nova funcionalidade da Shazam faz uso de ‘Shazam Codes’ em determinados objetos que, quando vistos por detrás da câmara fotográfica da aplicação, ativam animações em 3D, mini-jogos e vídeos de 360 graus diretamente através. Naturalmente, o sucesso desta incursão pela realidade aumentada da Shazam está inteiramente dependente da adesão de artistas e departamentos de marketing de empresas.
Fonte: N. Minutos/

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: