O impacto do coronavírus na luta contra a AIDS

0

Todos os anos, 1 de dezembro é comemorado como o Dia Mundial da AIDS para apoiar aqueles que vivem com HIV e lembrar aqueles que morreram de doenças relacionadas à AIDS. Este ano, marcado pela pandemia COVID-19, o lema deste dia é: ‘Solidariedade global, responsabilidade partilhada’.

O Novo Relatório do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV / AIDS (UNAIDS) ‘Vencendo Pandemias com Pessoas no Centro da Resposta’ adverte que a resposta global à AIDS já havia desacelerado antes do surto de COVID -19 e que a rápida disseminação do vírus piorou a situação.

Neste estudo, a organização estima o impacto de longo prazo que a pandemia de coronavírus pode ter na resposta ao HIV. De acordo com essas estimativas, três meses dessa interrupção causada pela pandemia levariam a 123.000 novas infeções por HIV e 69.000 mortes relacionadas à AIDS. Da mesma forma, em dois anos de interrupção, as novas infeções por HIV poderiam aumentar para 293.000 e as mortes para 148.000.

O relatório também destaca que em 2019 houve quase 700.000 mortes por causas relacionadas à AIDS e 1,7 milhões de novas infeções pelo HIV, enquanto mais de 12 milhões de pessoas permanecem sem acesso ao tratamento para o HIV. O UNAIDS anunciou um novo conjunto de metas para 2025 que, se alcançadas, permitiriam o fim da pandemia da AIDS até 2030.

 

Fonte: https://es.statista.com/grafico

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: