Novos avanços tecnológicos criam robôs sexuais indistinguíveis dos humanos

0

Um colecionador de bonecas sexuais explicou que as novas melhorias têm muitos benefícios mas também apresentam sérios riscos, por isso as pessoas precisam ter muito cuidado ao desenvolverem estas tecnologias.

O progresso tecnológico alcançado no campo de desenvolvimento de modernos robôs sexuais alcançou um novo patamar quando a empresa fabricante de bonecas de sexo Realbotix passou a equipar os seus novos modelos com rede Wi-Fi, proporcionando desta maneira “sincronização de voz e animação a alta velocidade” e oferecendo um serviço ao mais alto nível de acesso à Internet móvel 5G, informa o Daily Star.

De acordo com o tabloide britânico Brick Dollbanger, o colecionador de bonecas de sexo e dono do primeiro modelo operacional Harmony, o mais avançado robô sexual até à data fabricado pela empresa Realbotix, alegou que estes novos melhoramentos podem tornar os robôs sexuais tão perfeitos que eles podem ser completamente indistinguíveis dos humanos.

“Sempre que você consegue obter um fluxo de informação constante do software para o hardware, você obterá melhor sincronização e, deste modo, os movimentos do robô serão mais suaves e mais realistas”, revelou Brick Dollbanger. “Essa é a chave para a evolução artificial. Não são simplesmente movimentos, são movimentos iguais aos dos humanos, a ponto de serem indistinguíveis de pessoas reais”.

Dollbanger também fez notar que esta nova actualização com a rede 5G irá permitir aos robôs acederem à Internet e buscarem informação para atualizar a inteligência artificial que os controla.

Entretanto, ele avisou que esta tecnologia “traz tanto riscos como benefícios”, e que “temos de ter muito cuidado com a forma como desenvolvemos isto”.

No início deste mês, Brick Dollbanger disse que maneira como os robôs sexuais estão se tornando cada vez mais avançados tecnologicamente pode dar início a uma “revolução sexual artificial”, parecida com a revolução sexual que ocorreu nos anos 1960.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: