Nova mutação da variante britânica considerada perigosa e “preocupante”

0

O grupo de emergência do governo britânico incumbido de lidar com o coronavírus, Nervtag, disse que a estirpe que surgiu na semana passada é uma mutação perigosa do vírus de Kent que se espalhou rapidamente em dezembropassado, causando o cancelamento generalizado dos planos de Natal e desencadeando o terceiro confinamentonacional.

O Nervtag teme, segundo um artigo avançado pelo jornal Metro, que a nova mutação de Kent seja altamente transmissível e possa interferir com a vacina.

No entanto, o grupo crê que as pessoas vacinadas devem ainda assim ser protegidas contra doenças graves causadas pela mutação do vírus, enquanto as autoridades de saúde pública do Reino Unido também afirmam que têm um “elevado grau de confiança de que as vacinas funcionarão contra variantes”.

Uma estirpe diferente foi igualmente detetada em Liverpool, mas acredita-se ser menos preocupante e atualmente é classificada como estando “sob investigação” pelo Nervtag.

Ambas têm a mutação E484K encontrada nas variantes da África do Sul e do Brasil

Até ao momento, a Public Health England identificou 76 casos das estirpes de Liverpool e Bristol.

A estirpe de Bristol é a quarta variante considerada “preocupante” detetada por cientistas do governo britânico.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: