NASA libera rochas lunares armazenadas há quase 50 anos

0

As rochas lunares foram obtidas durante o primeiro pouso da Apollo 11, há quase 50 anos, e só agora são disponibilizadas para análise científica.

Nove equipes escolhidas pela NASA terão a oportunidade de analisar pela primeira vez as rochas lunares que têm estado armazenadas no Centro Espacial Johnson por décadas.
Dessa forma, os cientistas poderão analisar rochas primitivas, poeira e seções transversais da superfície lunar obtidas pelos astronautas da Apollo 11, segundo o Daily Mail.

Os astronautas das missões Apollo que pousaram na Lua entre 1969 e 1972 coletaram aproximadamente 382 quilos de rochas lunares, pequenas pedras, areia e poeira.
De acordo com Ryan Zeigler, curador das amostras obtidas, as melhores amostras serão retiradas dos seus invólucros e enviadas aos cientistas no próximo ano, destacando que as amostras não foram até agora expostas à atmosfera terrestre.

As amostras foram armazenadas de diferentes formas, algumas em hélio gasoso, outras através do congelamento. Agora, os pesquisadores tentam descobrir uma forma de retirá-las de seus recipientes sem que haja contaminação ou deterioração.

A ação deve ocorrer durante o aniversário dos 50 anos da missão da Apollo 11, já que a NASA pretende enviar seus astronautas à superfície lunar novamente em 2024.
Além disso, a NASA planeja criar um posto avançado na Lua, onde suas tripulações poderão permanecer por mais tempo.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: