Mundial/Andebol: Guerreiros ensaiam jogo com a congénere tunisina

0

A Selecção Nacional Sénior Masculina de Andebol faz este sábado, um treino correccional, visando o desafio com a similar da Tunísia, segunda-feira, referente à terceira e última jornada do Grupo A, para as classificativas do 25º ao 32º lugar da 27ª edição do Campeonato do Mundo, a decorrer no Egipto.

Na sessão vespertina, depois da habitual conversa com os jogadores, o técnico José Pereira “Kidó” inicia a preparação da equipa, com aquecimento, abdominais e corridas ligeiras à volta do campo.  Depois centra-se nos trabalhos técnico-tácticos, com maior incidência para os aspectos de jogo, principalmente o ataque, onde a equipa nacional tem cometido inúmeros erros.
Nos dois últimos jogos com o Japão e Congo Democrático, a Selecção Nacional só não venceu ambas as selecções por falta de pontaria, bem como perda de bolas inexplicavelmente. Em situação de um para a um, os jogadores angolanos rematavam ao lado ou por cima da baliza.

Daí o interesse de Kidó e adjuntos procurarem rectificar, o que tem contribuído negativamente no desempenho do “sete” nacional. Na parte final dos trabalhos, o seleccionador angolano reparte o grupo de atletas com o objectivo de efectuar um jogo treino, de modo a corrigir as insuficiências da equipa, bem como preparar a estratégia a aplicar no desafio diante da Tunísia.

Além do treinamento específico, o corpo técnico encarrega-se do trabalho psicológico, com a finalidade de elevar os níveis de confiança do grupo, após os sucessivos desaires com o Qatar, Croácia e Japão na fase regular do Grupo C, e com o Congo Democrático para as classificativas.

Apesar de anteverem jogo difícil com os tunisinos, os guerreiros esperam quebrar o “enguiço” na maior cimeira do Andebol mundial. Em relação ao panorama clínico da equipa, o grupo esbanja saúde e confiança. O técnico Kidó tem à sua disposição os 20 jogadores convocados para o Campeonato do Mundo, casos de Geovani Muachissengue, Custódio Gouveia e Ariel da Silva (guarda-redes); Cláudio Lopes, Manuel Nascimento, Romé Hebo e Edgar Abreu (centrais); Edvaldo Ferreira, Mário Tati e Ruben José (laterais esquerdos); Adelino Pestana, Elias António e Feliciano Couveiro (laterais direitos); Gabriel Teka, Agnelo Quitongo e Jaroslav Aguiar (pivôs); Cláudio Chicola e Otiniel Pascoal (pontas direitos) e Adilson Maneco e Mayomona Panzo (pontas esquerdos).

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: