Mulheres com VIH-Sida recebem cestas básicas

0

Vinte mulheres gestantes seropositivas e em situação de carência controladas pelas autoridades do município da Chibia, província da Huíla, beneficiaram hoje de cestas básicas, uma doação da esposa do administrador local, Filomena da Cunha Velho, no âmbito do programa “Nascer Livre Para Brilhar”, de que é coordenadora municipal.

Constam dos produtos doados, fuba de milho, sal, óleo, massa alimentar, sabão, arroz entre outros, de acordo com a beneficiária Edna Esmeralda, que em nome do grupo agradeceu o gesto e encorajou as outras pessoas que vivem com a doença a manterem a fé e coragem para vencer a patologia.

Já a coordenadora do programa “Nascer Livre para Brilhar” na Chibia, Filomena da Cunha Velho, disse que muitas das vezes as pacientes têm o receio de fazer o controlo devido ao estigma, principalmente a nível das comunas.

A também esposa do administrador Cunha Velho, reforçou que as pessoas que vivem com o vírus devem ter coragem e não se retrair, pois com o acompanhamento adequado terão longos anos de vida.

“Não é vergonha ter esse problema, mas de quaquer forma tenham coragem e enfrentem o tratamento, pois com isso são pessoas normais como outras com problemas renais, do figado ou de tensão alta. Dentro do possível, vamos ajudar. Teremos sempre anti-retroviras, mas venham fazer as consultas”, acrescentou.

Por sua vez, o responsável do Programa de Luta Contra a Sida no município, Francisco Monteiro, disse que a ajuda é “significante”, visto que fazem medicação diária, o que constitui um reforço na sua dieta alimentar que ajuda bastante na sua recuperação.

Fez saber que têm controlados 437 pacientes com VIH-Sida a fazem as suas consultas em unidades no município, mas nem todos são residentes.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: