Mulher vive seis dias sem pulmão e surpreende comunidade médica

0

Um facto histórico intrigou a comunidade médica internacional. Uma mulher chamada Melissa Benoit, de 32 anos de idade, viveu seis dias sem os pulmões à espera de um transplante.

Melissa nasceu com uma condição chamada fibrose cística, uma doença que causa o acúmulo de muco em várias partes do corpo, especialmente nos pulmões.

Ela tinha muitas infecções bacterianas e vivia sendo internada no hospital. Mas, em abril de 2016, Melissa foi internada no Hospital Geral de Toronto, no Canadá com uma infecção gravíssima no pulmão. Mas, devido ao seu histórico, os antibióticos já não eram mais eficientes.

A infecção piorou e Melissa teve um quadro de choque séptico, o que significa uma falência circulatória, o nível de oxigenação caiu e consequentemente, outros órgãos começaram a falhar. Foi aí que os médicos decidiram remover os pulmões de Melissa para realizar um transplante e salvar sua vida. A cirurgia foi comandada pelo Dr. Shaf Keshavjee e demorou 9 horas com 13 pessoas trabalhando na equipa.

Após a cirurgia, Melissa apresentou melhoras significativas e seus órgãos voltaram a funcionar normalmente. Ela foi ligada a dois aparelhos de vida externos sendo que um equipamento tinha a função de realizar o trabalho do pulmão e o outro aparelho ajudava na troca de gases da circulação do sangue.

Ela passou 6 dias vivendo através desses aparelhos até que um pulmão ficasse disponível para doação e Melissa recebeu o transplante. Segundo Dr. Marcelo Cypel, envolvido na cirurgia, a operação foi realizada com sucesso e sua recuperação foi excelente com seus novos pulmões.

Os resultados desse caso foram originalmente publicados na revista científica Thoracic Cardiovascular Surgery em 2016.

TPA com Jornal Ciência / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: