Movicel revê tarifário dos planos mensais

0

A operadora de telefonia móvel, Movicel, decidiu, nesta segunda-feira, reajustar, a partir do dia 01 de Outubro, o tarifário dos planos mensais.

Movicel reajusta tarifários
Nos últimos dias, os clientes da operadora usaram as redes sociais (facebook) para manifestar-se contra o aumento dos preços do tarifário dos planos mensais, anunciado a 15 de Setembro.

Os planos Takuia e Kargas sofreram mudanças, quer nos minutos quer no preçário, no quadro do plano de transformação da empresa, que justifica a necessidade da melhoria da rede.

Actualmente quem carrega um plano por 30 dias paga 10 mil kwanzas contra os 2.200, 3.900 e 7.400 kwanzas dos planos Takuia e Kargas, respectivamente.

O plano Takuia, o mais baixo e com validade de três dias, que tinha uma oferta de 30 minutos de saldo de voz para a Movicel e 10 para outras redes, passou a custar 500 kwanzas, com a redução de 20 minutos para a mesma rede e cinco para outra.

O plano Karga Leve, que custava 850 kwanzas passou subiu para 1.500 kwanzas, por 07 dias, enquanto o Karga Nice, que tinha o valor de 2.200 kwanzas, por 30 dias, baixou para 2000, com diminuição

Os planos Takuia e Kargas sofreram mudanças quer nos minutos quer no preçário, no quadro do plano de transformação da empresa, que justifica a necessidade da melhoria da rede.

Actualmente quem carrega um plano por 30 dias paga 10 mil kwanzas contra os 2.200, 3.900 e 7.400 kwanzas do planos Takuia e Kargas, respectivamente.

O plano Takuia, o mais baixo e com validade de três dias e que tinha uma oferta de 30 minutos de saldo de voz para a Movicel e 10 para outras redes, passou a custar 500 kwanzas, com redução de 20 minutos para a mesma rede e cinco para outra.

O plano Karga Leve, que custava 850 kwanzas passou a custar 1.500 kwanzas, por 07 dias, enquanto o Karga Nice, que tinha o valor de 2.200 kwanzas, por 30 dias, baixou para 2000, com desvantagens de menos duração de tempo, ou seja, 10 dias passou a ser o limite o uso do saldo.

Já o plano Karga Tudo, com valor de 3.900 kwanzas e validade de 30 dias, tinha benefícios de 750 minutos para Movicel, 80 para outras redes e 1GB de internet.

No novo tarifário, este baixou para 3.500 kwanzas, com desvantagens de ser apenas para 15 dias, com 100 minutos para a mesma rede e 15 para outra.

O plano Karga Bwe, que tem a duração de 30 dias, disparou de 7.40 kwanzas para 10.400 kwanzas, com apenas 350 minutos para a mesma rede, contra 1.600 minutos, 50 para outra anteriores e menos um 1GB de navegação.

Os planos Takuia e Kargas sofreram mudanças quer nos minutos quer no preçário, no quadro do plano de transformação da empresa, que justifica a necessidade da melhoria da rede.

Actualmente quem carrega um plano por 30 dias paga 10 mil kwanzas contra os 2.200, 3.900 e 7.400 kwanzas do planos Takuia e Kargas, respectivamente.

O plano Takuia, o mais baixo e com validade de três dias e que tinha uma oferta de 30 minutos de saldo de voz para a Movicel e 10 para outras redes, passou a custar 500 kwanzas, com redução de 20 minutos para a mesma rede e cinco para outra.

O plano Karga Leve, que custava 850 kwanzas passou a custar 1.500 kwanzas, por 07 dias, enquanto o Karga Nice, que tinha o valor de 2.200 kwanzas, por 30 dias, baixou para 2000, com dimunuição do tempo de duração, ou seja, 10 dias passou a ser o limite do uso do saldo.

Já o plano Karga Tudo, com valor de 3.900 kwanzas e validade de 30 dias, tinha benefícios de 750 minutos para Movicel, 80 para outras redes e 1GB de internet.

No novo tarifário, este baixou para 3.500 kwanzas, com desvantagens de ser apenas para 15 dias, com 100 minutos para a mesma rede e 15 para outra.

O plano Karga Bwe, que tem a duração de 30 dias, disparou de 7.40 kwanzas para 10.400 kwanzas, com apenas 350 minutos para a mesma rede, contra 1.600 minutos para a rede Movicel e 50 para outra rede, anteriores, e menos um 1GB de navegação.

“Fruto das reclamações dos clientes, reunimos e estamos a fazer um ajustamento do tarifário dos planos Karga Leve, Karga Nice e Karga Tudo, a partir do dia 01 de Outubro”, afirmou o director-geral adjunto da Movicel, Hélquio Vieira Dias, em declarações à Angop.

“No quadro das reclamações dos clientes, a Movicel decidiu fazer os ajustes para os três planos mais consumidos”, reforçou.

Conforme o responsável, os ajustes vão abranger os assinantes que procederam aos carregamentos com o tarifário em vigor desde 15 de Setembro deste ano.

“A Movicel está a rever a validade dos planos e resolver a questão dos benefícios de cada plano”, avançou Hélquio Vieira Dias, garantindo que a equipa técnica trabalha na tramitação deste processo, cujo resultado será comunicado em breve.

Infomou ainda que o ajustamento dos tarifário que entrou em vigor no dia 15 de Setembro ocorreu no âmbito de propostas apresentadas pelo Regulador Oficial.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: