Morreu o homem mais velho do mundo, com 121 anos

0

“De acordo com os Recordes do Guiness, os louros eram de um japonês. Mas para nós é igual, sabemos que o verdadeiro estava no nosso país”, começa por referir o jornal chileno Publimetro, ao avançar a notícia de que morreu o homem mais velho do mundo que, afinal, era chileno.

Celino Villanueva Jaramillo terá nascido a 25 de Julho de 1896 no Chile, segundo as autoridades do país. Morreu esta quarta-feira, aos 121 anos, devido a complicações de saúde após um acidente doméstico: uma queda da cama levou a que três costelas se partissem e uma delas perfurou um pulmão. A operação correu bem, mas nos últimos dias a sua condição de saúde tornou-se crítica e Celino não sobreviveu.

Don Celino, como era conhecido, não teria familiares vivos e vivia desde os 99 anos com uma família que o acolheu, após um incêndio ter destruído a sua casa em 1995. “Estamos muito tristes. Ele era parte integrante da nossa família, o homem da casa”, disse ao britânico The Guardian Ivonne Morales, filha de Marta Ramírez, a mulher que decidiu acolher Celino após a tragédia que lhe destruiu o lar.

Porque é que o recorde de ‘homem mais velho do mundo’ pertence a outra pessoa?

Celino Jaramillo terá perdido a sua certidão de nascimento e toda a documentação na sequência do incêndio de 1995 que lhe consumiu a casa e todos os pertences. A falta de identificação a comprovar oficialmente a sua data de nascimento, levou a que o Guiness World Records não lhe reconhecesse o título, atribuindo-o, em vez disso, ao chinês Masako Nonaka, com 112 anos.

Curiosamente, o recorde foi atribuído na semana passada.

Fonte: msn notícias/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: