Menino da «camisola» de plástico forçado a deixar o Afeganistão

0

Murtaza Ahmadi, agora com sete anos, ganhou notoriedade por ter aparecido com uma camisola de Lionel Messi feita com um saco de plástico teve de sair do Afeganistão pela segunda vez, desta feita por ameaças talibãs.

Ahmadi e a sua família viviam na zona sudeste do Ghazi – palco de violência nesta altura -, escapando para a capital, Kabul. De acordo com os parentes do menino afegão, a fama e a popularidade tornaram-no num alvo para os talibãs.

«Ligaram-nos e disseram-nos ‘tornaram-se ricos, paguem-nos o dinheiro que receberam do Messi ou vamos levar o vosso filho’», disse a mãe Shafiqa, citada pela BBC. A mãe de Ahmadi contou ainda que a família deixou a casa sem quaisquer pertences.

Recorde-se que após a imagem de Murtaza Ahmadi se tornar viral, este foi até ao Catar conhecer Lionel Messi.

Fonte: msn notícias/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: